Ações Interinstitucionais PDF Imprimir E-mail

Realização e apoio ao desenvolvimento de projetos de estudos e pesquisas em saúde do trabalhador de acordo com as Diretrizes da Política Nacional de Saúde do Trabalhador.

1999 a 2003: Projeto VIGISUS com apoio do Ministério da Saúde e do Banco Mundial possibilitou a realização de vários cursos de capacitação, oficinas e a Primeira Conferência Regional de Saúde do Trabalhador e meio ambiente. A conferência possibilitou o intercambio do Programa de Saúde do Trabalhador com vários Centros de Saúde do trabalhador, resultando no livro: “Saúde do trabalhador e saúde ambiental : Cenário, experiências e perspectivas -2003. 1. ed. São Paulo: CENTRO DE REFERÊNCIA EM SAÚDE DO TRABALHADOR, 2004. v. 3000. 164 p.


2003 – 2006:
Projeto “Atenção Integral e Prevenção de Lesões por Esforços Repetitivos -LER /DORT” projeto apoiado pelo Fundo Nacional de Saúde -Ministério da Saúde. Incluiu capacitação e supervisão continuada de profissionais da rede pública da atenção básica e demais níveis do SUS e de áreas do Ministério do Trabalho e da Previdência, sensibilização da sociedade civil, criação do curso de especialização em ergonomia; realização de oficinas com portadores de LER e adoção de medidas de prevenção nas empresas por meio de inspeções e melhorias no processo de trabalho. O projeto teve continuidade através de outro convênio com

o Fundo Nacional de Saúde -Ministério da Saúde (2006 – 2009) que englobou as ações de prevenção e reabilitação profissional para trabalhadores adoecidos em LER/DORT.


2003 a 2005: Participação no Projeto de Pesquisa para obtenção do diagnóstico e adoção de medidas de prevenção de acidentes do trabalho no Município de Piracicaba -incluiu pesquisa domiciliar, registro de acidentes ocorridos nos centros de atendimento de urgência e emergência, inspeção nos locais de trabalho para verificação de situações de risco e adoção de medidas de prevenção -entidades envolvidas UNESP Botucatu, UNIMEP, Prefeitura Do Municipio de Piracicaba e Sub Delegacia Regional do Ministério Do Trabalho e Emprego -Professor Coordenador: Dr. Ricardo Cordeiro - Apoio Fapesp (linha de políticas públicas).

 

2005 à 2009 - O projeto"Reabilitação Profissional para trabalhadores adoecidos por LER/DORT articulada com ações assitenciais e de vigilância em Saúde do Tabalhador"    é um programa terapêutico e de intervenção nas condições de trabalho, desenvolvido por equipe multidisciplinar - médica, assistente social, fisioterapeta, psicóloga, terapeuta ocupacional e socióloga - para fortalecer os trabalhadores adoecidos por LER/DORT para lidar e superar as dificuldades impostas pelas incapacidades. Seus objetivos específicos são o resgate da funcionalidade e a estabilização psicossocial, abaladas pelo adoecimento, e a reintegração compatível nas relações sociais, cotidianas e de trabalho. 


2006-2009: Aprimoramento do SIVAT -Participação como instituição parceira no projeto de pesquisas em políticas públicas “Ações interinstitucionais para o diagnóstico e prevenção de acidentes do trabalho: aprimoramento de uma proposta para a Região de Piracicaba” financiada pela FAPESP (Processo 06/51684-3): que tem como finalidade aprimorar o SIVAT, através do envio do RAAT via on line dos hospitais para o CEREST; a construção de um diagnóstico e investigação das causas de ATs nas empresas com maior proporção de acidentes, o estudo das condições de trabalho e do desgaste dos cortadores manuais de cana de açúcar e o desenvolvimento de programa piloto de educação popular e formação de multiplicadores no setor da construção civil. O projeto prevê realização de cursos de capacitação e elaboração de material educativo. Instituição Parceira: Prefeitura de Piracicaba através da Secretaria Municipal de Saúde / Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de Piracicaba, apoio Ministério do Trabalho e Emprego (SubDelegacia Regional de Piracicaba) e Ministério Público do Trabalho -15ª Região

2006-atual: Projeto de Erradicação do Trabalho de infantil e de adolescentes no Pólo de Produção de Jóias e bijuterias em Limeira – SP. Parceria com Trabalho e Emprego -Gerência Regional Piracicaba e Ministério Público do Trabalho da 15ª Região. Este projeto foi financiado, até o momento, com verbas da RENAST, Prefeitura do Município de Limeira, Sindicato das Empresas de Jóias e Bijuterias e das instituições parceiras. Uma pesquisa de mestrado realizada na UNIMEP apontou um alto índice de crianças e adolescentes envolvidas na montagem, soldagem e cravação em domicílio de jóias e bijuterias. Fazendo parte de sua área de abrangência, o CEREST Piracicaba tomou a iniciativa de construção de políticas públicas intersetoriais para erradicação desta forma desumana e precarizada de trabalho.

2007-2008: Atividade terapêutica -Lian gong. O CEREST auxiliou o Programa de Saúde da Família -ESF na elaboração do projeto de implantação de atividades físicas através da ginástica oriental liang gong, com o objetivo de estimular a prática de relaxamento e fortalecimento físico de pacientes e trabalhadores das unidades de saúde de Piracicaba. Apoio financeiro do Ministério da Saúde.

2008 -atual: apoio e fortalecimento do Fórum “Acidentes do Trabalho: Análise, Prevenção e Aspectos Associados” consistindo em encontros presenciais realizados em Botucatu e Piracicaba, e ambiente virutal abrigado na página da UNESP Botucatu através da plataforma Moodle site: http://www.moodle.fmb.unesp.br/course.

O Fórum é permanente e aberto a interessados na investigação, análise e prevenção de acidentes. É um espaço aberto com a finalidade de apoio ao estudo e debate de temas relacionados à prevenção de acidentes.

2007-atual: Fórum Trabalho e Cidadania – Melhoria das condições de Moradia dos trabalhadores do corte manual da cana de açúcar. Articulação interinstitucional que agrega os municípios da região de Piracicaba e Rio Claro(CEREST, Gerencia Regional do Ministério do Trabalho e Emprego, CVS, VISAs Municipais, Sindicatos de Trabalhadores, Parlamentares, Universidades, pastorais, etc). As ações de vigilância e licenciamento prévio das moradias foram concebidas através de Termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado entre o Ministério Público do Trabalho da 15ª Região e as Prefeituras Municipais estabelecendo as obrigações de realizar o cadastro prévio das moradias, a fiscalização periódica e o estabelecimento de exigências mínimas para assegurar moradia digna a esta população.



Escrito por Administrator   
Sex, 07 de Agosto de 2009 13:11